Ir para o Topo

Procurando algo?

5 de fevereiro de 2021

Botão doar: Mercado financeiro incentiva a cultura de doação no país através da tecnologia

Nubank e Mercado Pago lançam “botão doar” em seus aplicativos para apoiar organizações sociais. Bradesco oferece para clientes “match” com 53 entidades beneficentes disponíveis para receber doações pelo site do banco

Por Karen Garcia

Após o recorde de doações para conter os efeitos da pandemia, uma preocupação dos atores sociais é como dar continuidade no apoio às organizações do terceiro setor. Frente à emergência da situação, os mais diversos segmentos se mobilizaram de modo sem precedentes para assistir famílias, distribuir materiais de higiene e garantir segurança alimentar para os que mais precisam. Um dos principais personagens dessa onda de solidariedade, no entanto, foi o setor financeiro.

Responsável pela principal parcela de recursos doados para combater a Covid-19, instituições financeiras desenvolveram uma tecnologia simples, mas com grande potencial de mobilização de recursos. O Bradesco oferece através de seu internet banking a possibilidade de seus clientes doarem para 53 entidades beneficentes. Em 2020, o banco doou mais de R$ 16 milhões para o enfrentamento da crise sanitária.

Um balanço feito pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) mostra que os bancos doaram R$ 347,2 milhões para a produção de vacinas contra a Covid-19 no Brasil. A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), responsável pela produção da vacina da Oxford/AstraZeneca, foi a entidade que mais recebeu recursos. O Instituto Butantan, que desenvolve a CoronaVac, recebeu R$ 10 milhões do Bradesco.

Botão doar

O Nubank e o Mercado Pago lançaram um “botão doar” em seus aplicativos para apoiar organizações sociais. Diante da crise sanitária instaurada em Manaus, o Mercado Pago, fintech do Mercado Livre, soma forças com o Grupo +Unidos e a Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) para apoiar o sistema público de saúde da região na compra de insumos hospitalares. A companhia fez uma doação de R$ 150 mil via Fundo UNA+. Junto com a iniciativa, a fintech lançou o “Botão Doar” em seu aplicativo para mobilizar doações, em dezembro do ano passado.

“Com a tecnologia do Botão Doar, conseguimos nos mobilizar de forma mais rápida e ajudar aqueles que são mais impactados pela pandemia, como a população do Amazonas e os brasileiros que não vivem em condições adequadas de moradia”, explica Laura Motta, Gerente de Sustentabilidade do Mercado Livre e do Mercado Pago.

Além do Fundo UNA+, iniciativa do Grupo +Unidos, outras três organizações sociais estarão disponíveis para receber doações pelo aplicativo ao longo do próximo mês: até o dia 28/02 os usuários poderão doar também para as ONGs Teto, Habitat Brasil e Cruz Vermelha, apoiando ações de ajuda humanitária e melhorias em condições precárias de moradia que, não apenas se agravam nesse período chuvoso, como podem acentuar a transmissão da Covid-19.

Chamada para organizações será lançada

Laura conta que até o final de fevereiro o Mercado Pago vai lançar um convite para organizações se cadastrarem para receber recursos pela plataforma. A transparência será um dos critérios de seleção.

“A ideia é que as organizações coloquem o objetivo do recurso. As inscrições serão avaliadas pelo comitê multidisciplinar de acordo com as causas. Até agora, as campanhas foram muito vinculadas à compra e doação de insumos. Queremos que o botão seja uma forma de apoiar custos institucionais, fortalecimento de equipe e estrutura de acordo com a demanda e necessidade de cada organização”, salienta. 

O “Botão Doar” é uma funcionalidade permanente, que permite que os usuários da conta contribuam com diferentes organizações sociais em apenas alguns cliques, de forma segura e prática. A cada mês, novas ONGs são apoiadas. Para a fintech, que vem se engajando desde 2019 em campanhas beneficentes, como Criança Esperança e Teleton, a criação de um botão permanente de doação é mais um passo na busca constante pela geração de impacto social por meio da tecnologia.

Doação multiplicada

Desde maio do ano passado, os clientes do Nubank podem usar o app da fintech para destinar recursos ao Action Aid, Ação da Cidadania, Cruz Vermelha Brasileira e Hospital das Clínicas de São Paulo. Quando o volume total doado pelos clientes chegar a R$ 100 mil, o Nubank também destinará a mesma quantia a cada uma das organizações, totalizando R$ 500 mil doados. A empresa também iniciou um movimento solidário com seus colaboradores para incentivar as doações.

“Desde o início da pandemia, estamos agindo para apoiar nossos clientes. Anunciamos a criação do nosso fundo de apoio ‘Pessoas Primeiro’, reduzimos juros e ampliamos os prazos de pagamento. Agora, convidamos nossos clientes a somar forças conosco nessa corrente do bem, ampliando a rede de apoio para gerar um impacto positivo a um número cada vez maior de pessoas”, afirma David Vélez, CEO e fundador do Nubank.

A nova função que permite doações via app se soma a todo o trabalho que vem sendo feito pelo Nubank desde o início da pandemia. Em março, a empresa criou um fundo de apoio de R$ 20 milhões para beneficiar milhares de consumidores com entrega de alimentos e produtos de primeira necessidade, além de apoio médico e psicológico.

Marco bancário da doação

A funcionalidade de doação nos aplicativos de banco não é uma demanda nova. Em 2019, o projeto de Lei 3384, conhecido como Marco Bancário da Doação, de autoria da senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), recebeu parecer favorável na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O objetivo é alterar a Lei nº 10.214, que aborda o Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), para mudar o nome do SPB para Sistema Brasileiro de Movimentações Financeiras e prever a doação como uma das modalidades de movimentação financeira, possibilitando com isso desenvolver, junto ao sistema financeiro, instrumentos específicos para as organizações receberem doações,  o que atualmente é bastante complicado, tendo em vista que o sistema – e os bancos – foi estruturado pensando apenas nas empresas com fins lucrativos.

Saiba como doar

Para fazer uma doação pelo Nubank o usuário deve:

A quantia selecionada será descontada do limite do cartão de crédito e aparecerá na fatura aberta. A doação pelo app é contínua, ou seja, é possível doar sempre que quiser pelo Nubank. 

Pelo Mercado Pago também é simples. Veja as etapas:

O aplicativo do Mercado Pago possui quase 20 milhões de usuários ativos. Quem ainda não tem o aplicativo pode baixá-lo nas versões para IOS ou Android.